segunda-feira, 17 de setembro de 2012

VQ // 44 // Poesia

Triste anúncio da primavera

Por Geovane Alves dos Reis

Chegou a primavera...
mas, ao invés de nascerem flores,
nascem folhetos no solo da gente
que, além de deixarem sujo o meio ambiente,
fazem propaganda de quem não merece,
de quem promete mas depois esquece
ou finge que se esqueceu...

Chegou a primavera,
mas, ao invés de se ouvir os cantos dos pássaros,
a voz da política fala mais alto:
os inocentes ficam assistindo as raposas no palco,
que recebem sem merecer muitos aplausos;
fazem promessas de serem perfeitos
mas depois se esquecem do que se prometeu...

Chegou a primavera:
as flores deveriam chamar mais atenção!
O Brasil deveria mostrar que é grande por natureza
já que os nossos bosques tem mais flores
e nossas flores mais beleza!
Os políticos têm mais espectadores
e o povo aplaude quem nunca mereceu.

Chegou a primavera,
chegaram as flores,
chegaram as rosas,
mas também os cravos...

[palavraasdocoracao.blogspot.com.br]


3 comentários:

GEOVANE ALVES DOS REIS disse...

Valeu VQ.Pedi Carlos Brunno pra trazer um jornal desta edição

Vitor Castro disse...

Geovane, o Carlos está com o jornal pra te entregar. Obrigado pela contribuição.

helenecamille disse...

Geovane, voce sempre surpreendendo hein. Muito boa a sua poesia. Parabéns!